Notícias Sesc TO

Imagem da notícia

CineSesc estreia Cine Clube on-line em junho

Publicado por: RONALDO COELHO TEIXEIRA em 29/05/2020 às 11:27:35


Enquanto o CineSesc de Palmas, Araguaína e Gurupi não voltam a exibir filmes da sua programação regular, devido ao isolamento social causado pela pandemia, a Promotoria Cultural em Cinema do Sesc Tocantins irá realizar o programa ‘Quadro a Quadro’, com a exibição de filmes já indicados no CineSesc e com bate-papo online. A sua primeira edição será realizada no dia 1º de junho, às 19h, com debate sobre o filme “O conto da Princesa Kaguya”, do diretor Isao Takahata. A participação é gratuita por meio da plataforma Google Meet e a classificação é livre. Informações pelo telefone (63) 3212-9915.

 

O programa ‘Quadro a Quadro’ CineSesc é um projeto regional onde são indicados filmes que já foram exibidos pelo CineSesc em edições passadas, com a criação de um Cine Clube, para que os cinéfilos de plantão possam refletir juntos sobre os filmes indicados. Nesse momento de isolamento social, o programa será totalmente on-line. Após a pandemia, a intenção é expandir esse projeto para o presencial nas salas de cinema do CineSesc em Palmas, Araguaína e Gurupi.

 

‘Quadro a Quadro’ é uma programação para reflexão sobre as obras cinematográficas. O público assiste o filme e depois participa na hora e data marcada do debate/roda de conversa/bate-papo sobre a obra vista, por meio da plataforma Google Meet. Para a estreia da sua programação, o filme a ser discutido será “O conto da Princesa Kaguya”, do diretor Isao Takahata.

 

“A arte traz reflexões, provoca e liberta. Leva o público a ver até aquilo que, mesmo evidente, é imperceptível. A partir da quarentena de isolamento, momento de distanciamento social, por conta da pandemia, precisamos repensar formas de levar ao público o contato com a arte. Para isso, a área de audiovisual do Sesc Tocantins cria uma ação online, com indicações de filmes que fizeram parte da programação do CineSesc. Filmes para assistir em casa e com a família. E ainda queremos encontrar o público para um bate-papo online, para realizarmos uma reflexão fílmica das obras sugeridas”, destaca o Promotor Cultural em Cinema do Sesc Tocantins, Luiz Menezes.

 

O conto da Princesa Kaguya” (Japão/2015) – Sinopse

Esta animação é baseada no conto popular japonês "O corte do bambu". Kaguya era um minúsculo bebê quando foi encontrada dentro de um tronco de bambu brilhante. Passado o tempo, ela se transforma em uma bela jovem que passa a ser cobiçada por cinco nobres, dentre eles, o próprio Imperador. Mas nenhum deles é o que ela realmente quer. A moça envia seus pretendentes em tarefas aparentemente impossíveis para tentar evitar o casamento com um estranho que não ama. Mas Kaguya terá que enfrentar seu destino e punição por suas escolhas.  Essa animação, drama e fantasia japonesa tem a direção de Isao Takahata, com 2h17 de duração e classificação livre.

 

Sobre o Sesc

O Serviço Social do Comércio (Sesc) é uma entidade privada sem fins lucrativos administrada pela Fecomércio Tocantins, que é ligada a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Por meio do acesso à cultura, educação, saúde, esporte, lazer e assistência, são oferecidos serviços e ações que melhoram a qualidade de vida dos brasileiros através de suas mais de 580 unidades por todo o país.

 

Serviço

Cultura – CineSesc Tocantins

Ação: Realização do Programa ‘Quadro a Quadro’ no Cine Clube do CineSesc

Local: plataforma Google Meet

Filme:O conto da Princesa Kaguya”

Data: 1º de junho

Horário: 19h

Classificação: livre

Participação: gratuita

Informações: (63) 3212-9915

 

Imagem disponível para download: https://bit.ly/2zoaapP

 

Trailer: https://bit.ly/36mURtz

 

www.sescto.com.br   

Twitter: @sescto

Facebook: www.facebook.com/sescto   

Instagram: @sesctocantins

Youtube: SESCTO

 

(Texto: Ronaldo Coelho – Assessor de Imprensa Sesc - TO)

Serviço: Assessoria de Comunicação do Sesc Tocantins - Fone: (63) 3212-9968.

Coordenador de Comunicação do Sesc - TO: Renato Klein

Licença: Os textos podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte.


Ver todas as notícias