Notícias Sesc TO

Imagem da notícia

Sesc Confluências 2019 realizará 1º encontro em Palmas

Publicado por: RONALDO COELHO TEIXEIRA em 08/08/2019 às 10:37:02

Sesc Confluências 2019 realizará 1º encontro em Palmas

 

A primeira ação do Sesc Confluências 2019 – que esse ano envolverá 30 artistas, sendo 15 do Distrito Federal e 15 do Tocantins – será realizada com o primeiro encontro entre os selecionados do Tocantins, no dia 09 de agosto, das 19h às 22h, no dia 10 das 08 às 12h e das 14 às 18h e no dia 11 das 08h às 12h, na Sala de Música do Centro de Atividades Sesc Palmas, que fica na 502 Norte. O Projeto selecionou no mês passado os 30 artistas visuais participantes dessa edição. Informações pelo telefone (63) 3212-9922.

 

A mediadora do encontro será a Doutora e Mestra em Arte e Cultura Contemporâneas, Tânia Queiroz, do Rio de Janeiro (RJ). Os artistas visuais do Tocantins que participarão desse primeiro encontro serão:

 

Amanda Mauricio Pereira Leite (TO); Ana Karoliny Campos Jardim (TO); Angélica Lima Mendonça (TO); Ariana Silva Braga (TO); Deusa de Canaã Sousa Viana (TO); Eliane Cristina Testa (TO); Emerson da Silva (TO); Evandro Silva Carvalho (TO); Gerlandio Pereira de Morais (TO); Júlio Teixeira (TO); Maria do Carmo Silva (TO); Maria do Socorro Monteiro da Silva (TO); Patrik Nascimento (TO); Paulo Roberto Souza (TO); e Viviane Pereira Barbosa (TO).

 

Em sua primeira fase, o Projeto consiste na realização dos fóruns presenciais, com a realização de três (03) encontros de 20h, durante o segundo semestre de 2019, totalizando 60 horas, conforme cronograma a seguir:

1º Encontro – de 09 a 11 de agosto;

2º Encontro – de 13 a 15 de setembro;

3º Encontro – de 11 a 13 de outubro de 2019.

 

Tania Queiroz (1955)

Vive e trabalha no Rio de Janeiro (RJ). Doutoranda e mestre em Arte e Cultura Contemporâneas no PPGARTES da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem Especialização em Sociologia Urbana pela UERJ, Licenciatura em Artes pela Universidade Cândido Mendes e é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Úrsula. Foi Coordenadora da Casa França Brasil de maio de 2016 a maio de 2017, e Coordenadora de Ensino da Escola de Artes Visuais do Parque Lage de 2007 a 2016. Foi professora da EAV Parque Lage de 1992 a 2016, e teve sua formação em arte na própria EAV. É professora de Artes da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro desde 2010, atuando em Teresópolis, no CE Presidente Bernardes. Trabalhou como educadora no programa educativo do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro de 1999 a 2006 desenvolvendo, com a equipe, programas de visitas múltiplas para escolas, visitas mediadas para escolas e grupos diversos e para o público espontâneo em exposições como Picasso, anos de guerra; Cildo Meireles; Artes Indígenas/Brasil 500 Anos, Andy Warhol, Vik Muniz, entre outras. Implantou, como assistente de Maria Tornaghi, o programa educativo da Mostra Rio Gravura, em 1999. Coordenou e trabalhou como educadora nas ações educativas do Programa de Instalações Permanentes do Museu do Açude e em exposições do Paço Imperial, tais como O Brasil Redescoberto, Ateliê FINEP/Nuno Ramos, Retrospectiva Itaú Cultural 2016, e Gautherot.

 

Como artista realizou exposições no Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Entre elas mostras de esculturas no MUBE-SP, Sesc Av. Paulista (SP), CEMIG-MG, Casa de Cultura Laura Alvim-RJ, Espaço Cultural Cândido Mendes (RJ), Coletiva no Solar Grandjean de Montigny (RJ), no Espaço Cultural dos Correios (RJ), no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, em Niterói (RJ). Recebeu o Prêmio Aquisição do Salão de Ribeirão Preto-SARP. Tem obras na Coleção de Olívio Tavares D’Araujo, Sesc (SP) e Solar Grandjean de Montigny_Rio. Participa do grupo de pesquisa “O Estádio do espelho” no PPGARTES da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, é editora executiva da Revista Concinnitas da mesma Universidade. Publicou, em 2014, “O mundo é mais do que isso: mediação e a complexa rede de significações da arte e do mundo”, com Maria Tornaghi e Cristina de Pádula. Coordena e leciona na Escola sem Sítio desde 2017.

 

Sesc Confluências

Realizado em pelo menos 10 estados no Brasil, o Confluências atua como uma espécie de fórum setorial para as artes visuais no Sesc, por promover um debate em torno da linguagem a partir de uma visão sistêmica, e também como uma incubadora, por incentivar o desenvolvimento de soluções para as problemáticas apontadas. Estruturado em encontros presenciais, o Confluências incentiva a produção artística local, promove o debate sobre a cultura e a arte e contribui para o aperfeiçoamento do seu sistema produtivo, além de realizar os projetos resultantes de cada edição. Seu compromisso, alicerçado na valorização do processo, tem impactado positivamente as regiões onde atua, dinamizando as práticas das artes visuais de forma descentralizada, preservando diversidades e singularidades das culturas regionais e convergindo a produção nacional (Fonte:

http://sesc.com.br/portal/site/confluencias/).

 

O Projeto Sesc Confluências 2019 realizará o primeiro encontro com os 15 artistas visuais selecionados do Tocantins, dia 09 de agosto, das 19h às 22h, no dia 10 das 08 às 12h e das 14 às 18h e no dia 11 das 08h às 12h, na Sala de Música do Centro de Atividades Sesc Palmas, que fica na 502 Norte.no Centro de Atividades Sesc Palmas (502 Norte). Informações pelo telefone (63) 3212-9922.

  

Serviço

Cultura – Sesc em Palmas

Ação: Realização do 1º encontro do Sesc Confluências 2019 (TO)

Data: de 09 a 11 de agosto

Horários: das 19h às 22h (dia 09); das 08 às 12h e das 14 às 18h (dia 10) e das 08h às 12h (dia 11)

Local: Sala de Música do Centro de Atividades Sesc Palmas (502 Norte)

Informações: (63) 3212-9922

 

Imagem disponível para download: https://bit.ly/2OIeeID

 

www.sescto.com.br

Twitter: @sescto

Facebook: www.facebook.com/sescto

Instagram: @sesctocantins

Youtube: SESCTO

 

(Texto: Ronaldo Coelho – Assessor de Imprensa Sesc - TO)

Serviço: Assessoria de Comunicação do Sesc Tocantins - Fone: (63) 3212-9968.

Coordenador de Comunicação do Sesc - TO: Renato Klein

Licença: Os textos podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte.


Ver todas as notícias