Galeria Sesc de Palmas recebe exposição ‘Já fui floresta’

27/10/2017 10h26 | Atualizado em: 27/10/2017 10h27

A Galeria Sesc de Arte, em Palmas, recebe uma nova exposição pelo Sesc Amazônia das Artes entre 03 de novembro e 08 de dezembro de 2017. “Já fui floresta”, do fotógrafo José Medeiros (MT), terá sua abertura oficial nesta quarta-feira, dia 1º de novembro, às 19h, no Centro de Atividades, que fica na 502 Norte, na capital. A entrada é gratuita. Visita mediada e mais informações pelo telefone (63) 3212-9922.

“Já fui floresta” foi criada a partir de um território mítico, localizado ao norte de Mato Grosso, munícipio de Feliz Natal, Parque Indígena do Médio Xingu, lugar em que José Medeiros redescobriu o universo rico e complexo dos índios Ikpengs. “Nesse labirinto de rio e selva, escolhi fotografar esta comunidade porque tenho com ela uma singular afinidade. Durante dez anos, recebi alguns destes indígenas em minha casa na cidade de Cuiabá. Hoje, conheço melhor suas referências culturais e consigo refletir sobre as distintas etnias, que vivem no Xingu, uma das reservas mais conhecidas no mundo”, ressalta o fotógrafo.

Partindo dessa interação com os Ikpengs, Medeiros com suas estadias alternadas no Xingu, vivenciou hábitos cotidianos, como a pesca, praticada nos imensos rios que se expandem de forma labiríntica dentro da floresta, e os expressivos rituais e hábitos alimentares incomuns compartilhados no dia a dia no Xingu. “Suas fotos descortinam tradições ancestrais. Talvez, por isso, o projeto vem mostrar a realidade, a convivência do índio que, em meio ao mundo globalizado, vê o futuro em perspectiva. Ao diluir o real com o uso de efeitos luminosos, que ofuscam as formas visíveis de um ritual, Medeiros reitera a fugacidade da existência, que ganha sentidos imponderáveis na relação sócio-cultural com o corpo da arte”, pontua o texto da curadoria assinado por Angela Magalhães e Nadja Fonseca Peregrino.

Sesc Amazônia das Artes
Em 2017, o Sesc Amazônia das Artes se consolidou como uma das mais importantes iniciativas de circulação de manifestações artísticas que estão fora do eixo Rio-São Paulo. O Projeto busca realizar um intercâmbio de experiências e troca de informações entre artistas e produtores dos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Piauí.

Serviço
Cultura – Sesc Amazônia das Artes

Exposição: Já fui floresta – José Medeiros (MT)
Abertura: 1º de novembro
Horário: 19h
Entrada: gratuita
Visitação: de 03 de novembro a 08 de dezembro de 2017
Horário: 8h às 22h (segunda a sexta) e 8h às 18h (sábado)
Local: Centro de Atividades Sesc Palmas (502 Norte)
Informações: (63) 3212-9922

Imagem disponível para download em: http://bit.ly/2gGATof

www.sescto.com.br
Twitter: @sescto
Facebook: www.facebook.com/sescto
Instagram: @sesctocantins
Youtube: SESCTO
Instagram: @sesctocantins

(Texto: Ronaldo Coelho – Assessor de Imprensa Sesc - TO)
Serviço: Assessoria de Comunicação do Sesc Tocantins - Fone: (63) 3219-9102 – 3219-9160.
Coordenador de Comunicação do Sesc - TO: Renato Klein
Licença: Os textos podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Twitter: @sescto. Acesse www.sescto.com.br. Conheça nossa FANPAGE - http://www.facebook.com/sescto